Expansys blog
  • Åsa Danielson
  • Åsa Danielson
  • Affiliation Manager Europe

Samsung Galaxy S6

As primeiras impressões 

Muitos entre nós, esperávamo-lo com impaciência, mas… o Galaxy 6 já está disponível!

Apresentado a 1 de março deste ano em Barcelona, esperámos quase dois meses para poder tê-lo nas nossas mãos. 

A primeira característica que chama a atenção desde que tiramos o Galaxy S6 da caixa, é o seu design. As linhas deste smartphone não foram alteradas se as compararmos com as do Galaxy S5, só que desta vez a Samsung utilizou materiais de alta qualidade. Com o seu contorno em alumínio e a sua parte traseira em vidro, o Galaxy S6 é um verdadeiro e maravilhoso sucesso.

A sua espessura de apenas 6,8 mm enaltece-se particularmente assim que o sentimos nas nossas mãos. É 0,1 mm mais fino que o iPhone 6 não havendo nenhuma diferença a nível de utilizador… Apesar do seu ecrã de 5,1 polegadas, o Galaxy S6 tem o tamanho ideal para poder ser transportado facilmente no seu bolso.

O segundo ponto notável deste novo dispositivo da Samsung, é sem dúvida, o seu ecrã. Com uma resolução Quad HD 52560 x 1440 pixéis, é impossível de distinguir individualmente os pixéis. A sua densidade extraordinária de 577 ppp oferece uma qualidade de imagem que o impressionará do primeiro momento (no outro dia apanhei-me extasiado a olhar para o ecrã durante uns minutos :) ).

Por outro lado, a interface TouchWiz foi completamente renovada. Agora é mais fluída e dispõe de um desenho mais refinado para poder navegar com os diferentes menus do Galaxy S6 sem esperar e sem interrupções. Um verdadeiro prazer.

E para terminar, não podemos deixar de mencionar a qualidade da câmara do S6, capaz de rivalizar com as melhoras câmaras compactas do mercado. Graças a sua abertura f/1.9 e ao sensor da câmara, o Galaxy S6 é particularmente eficiente em condições de baixa luminosidade. As fotos tiradas em interiores ou com pouca luz e unicamente artificial tornam-se nítidas sem caraterísticas granuladas.

O que lamentamos é a supressão da ranhura microSD. Um defeito que podemos ignorar se tivermos em conta as qualidades numerosas do Galaxy S6.

  • Åsa Danielson
  • Åsa Danielson
  • Affiliation Manager Europe

Sugestões para aplicações

A QualityTime 

é uma aplicação divertida, visualmente atraente e fácil de usar, que permite obter relatórios em tempo real sobre quanto tempo gasta com o seu smartphone e suas aplicações preferidas.

Conto-lhe a minha experiência: Instalei esta a aplicação, no domingo 15 de março e o primeiro dia foi um bocadinho assustador por mim porque o tempo total que passei com as minhas aplicações, era 5 horas e 5 minutos... incrível! No domingo seguinte, quando dei uma olhadela nas estatísticas semanais, o tempo médio estava reduzido por 1 hora e 41 minutos. Diminuiu bastante...ufff, que alívio! 

 

 

Esta aplicação é muito fácil de usar: precisa apenas de deslizar encima e baixo no ecrã para ver o uso de manha a noite, de esquerda a direita para ver o uso de outras datas.

 

 

Graças a esta aplicação, pode ter resumos semanais e diários e saberá qual são as aplicações mais utilizados e quando pode fazer uma pausa (''Breaks'') e alarmes para que a aplicação lhe diga quando deveria fazer uma pausa.

 

Si por exemplo, é um viciante ao Instagram, como eu, a passar todo o tempo a ver fotos, esta aplicação seria extremamente útil! :D

Prove-a, é gratuita! Assim terá mais tempo para os seus amigos e família!

Apenas para Android

  • Expansys
  • Expansys

Caça ao Tesouro de Páscoa...

Caça ao Tesouro de Páscoa...

A Páscoa não seria Páscoa sem a tradicional caça aos ovos... E por isso a Expansys está a organizar, este ano, a sua caça ao tesouro e propõe-lhe que participe na aventura das páginas do site para encontrar os ovos que escondemos de propósito para si. No tesouro: um voucher de redução de 5% para todos os produtos do site*.


1- Primeira missão: encontrar os ovos !

Nesta primeira etapa, vamos testar a sua observação. De facto, 5 ovos foram dispersos em todo o site (mais precisamente nas imagens de alguns produtos...) Claro que não vamos revelar em quais imagens !!! Em cada ovo, marcamos um código de dois ou três carateres. 


2- Segunda missão: a palavra mágica 

Uma vez que todas as letras / números estiverem no seu cesto, tem de os reunir para reconstruir uma palavra mágica que, uma vez introduzida no campo ''código de desconto'', lhe permitirá beneficiar de 5% de desconto em todos os seus produtos preferidos. 


3, 2, 1... a caça ao tesouro acabou de começar! 

Feliz Páscoa a todos !

 

* Oferta disponível até 06/04/2015 (meia-noite), em todo o site Expansys.pt no limite de 30€ de redução máxima. Não acumulável com outras ofertas ativas. Aceite um único desconto por encomenda. Excluindo os custos de envio. Esta Oferta é exclusivamente reservada aos particulares.

  • Åsa Danielson
  • Åsa Danielson
  • Affiliation Manager Europe

Global Mobile Awards 2015

O vencedor do Global Mobile Awards

O vencedor do Global Mobile Awards deste ano foi revelado durante o MWC em Barcelona. O prémio do melhor smartphone tem sido dado aos dispositivos como HTC One para o ano 2014, Samsung Galaxy S3 para o ano 2013 e do fabricante mais inovador à LG pelo ano passado.

Desta vez, a GSMA (GSM Associação) escolheu não um mas dois dispositivos na mesma categoria ''Best Smartphone'': Apple iPhone 6 e LG G3. Parece que o júri não podia escolher um destes dois dispositivos impressionantes ;)

motorola

A Motorola ganhou o prémio para o melhor smartphone low-cost e o best smartwatch com o Moto E e Moto 360 e para o best tablet com o Microsoft Surface Pro 3.

surfacepro3

Qual é a sua opinião? Concorda com os resultados? Partilhe os seus comentários no nosso mural no Facebook!

  • Philippe Manzano
  • Philippe Manzano
  • Marketing Manager Europe

HRM

Minha resolução para 2015

Cada ano novo vem com novas resoluções. A minha é de percorrer com a bicicleta os 5.5 km que me separam do trabalho, 5 dias por semana.

Não há nada mais doloroso que fazer este trajeto com transportes públicos. Também tenho um carro mas em vez de ficar preso no trânsito logo pela manhã, prefiro aceitar este desafio diário com a minha bicicleta.
Depois começar o meu desafio a meio de dezembro e chegar a Expansys com bicicleta, queria saber mais do meu desempenho e da minha saúde em geral, tendo a possibilidade de gravar todos os dados correspondentes para poder seguir a minha evolução pessoal. E o meu lado de nerd também!
Então esta é a minha resolução para 2015:
Percorrer 11km de bicicleta todos os dias, o que é suficiente para estar na categoria das pessoas ‘ativas’, o que significa que o índice de massa corporal (IMC) e a percentagem de massa gorda é menos elevado que das pessoas que utilizam um transporte individual.
(http://www.bmj.com/content/349/bmj.g4887).

Comprei um sensor ‘HRM BLE’ o que quer dizer Monitor de ritmo cardiaco (HRM) com Bluetooth (BLE- Bluetooth baixa energia), para testar algumas aplicações de fitness e seguir os meus progressos e resultados. Da mesma forma, vou testar em breve a pulseira de frequencia cardiaca Fitbit (Fitbit Charge HD) como também o relógio GPS Garmin Forerunner (que não é um relógio com sensor de ritmo cardiaco integrado).
No artigo seguinte, apresentamos-lhe um sensor de pulsos como o oxímetro de pulso sem fios de iHealth.

O meu Smartphone funciona com Android, então escolhi algumas aplicações grátis da Android para fazer alguns testos. Primeira observação, todas as aplicações, exceto uma, detetaram o meu dispositivo imediatamente.
A seguir, uma impressão de ecrã da minha seleção:

Menu d'applications fitness

Este artigo, ajudara-lhe a escolher o material e as aplicações para poder seguir a sua atividade física ou para começar a ser ativo mesmo quando faz o trajeto para chegar ao trabalho, como este funciona também quando está a andar.

Estas aplicações gratuitas fazem a mesma coisa geralmente: gravam a sua posição GPS e controlam a sua atividade cardíaca. Agora pode se diferenciar na maneira de apresentação dos seus dados e do tratamento deles. Então cada pessoa vê o que lhe convém melhor. Este é o meu ponto de vista.

 

 

Google Mes parcoursGoogle Os Meus Percursos
Esta aplicação não conhece o Bluetooth Smart !

Que vergonha para uma aplicação deste nível. São disponíveis conexões de Bluetooth como o Polar Bluetooth, o Zephyr Bluetooth (Bluetooth 1) e ANT+, mas não o BLE (Bluetooth 4).

Então não pude testar o analisador de ritmo cardiaco, mas apenas o GPS.

Ao menos, a carta e os gráficos mostram resultados tão nítidos que mais podemos esperar.

De outro lado, também é possível sincronizar e partilhar os seus percursos via Google Drive e Google Fit. Pode também tirar fotografias durante o trajeto para ilustrar o seu itinerário.


Igualmente pode exportar os seus percursos via Google Drive, Google Os Meus Mapas o Folhas de cálculo do Google o um armazenamento externo.

Não pude utilizar a função ‘’Play multiple’’, mas a possibilidade de visualizar os resultados de amigos diversos num mesmo percurso ou os resultados de uma pessoa nos percursos de diversos dias, parece prometedor.

Sem ter a certeza de que é mesmo possível visualizar a evolução do ritmo cardíaco com cores no mapa.



Endomondo
Uma outra referência para muitos utilizadores. A conta grátis é limitada no << mapa e estatísticas básicas>>. Para mais opções, tem que passar na conta superior. E possível de criar desafios, adicionar amigos, realizar programas de treino e definir de objetivos.


 

HotBit
Como para as outras aplicações, pode indicar o seu tamanho e peso para avaliar as calorias queimadas mas é também possível de avaliar o seu V02 máximo e EPOC (consumo excessivo de oxigênio após o exercício). Não sei se estes resultados são variáveis ou apenas uma estimativa.


Strava
Como o Runtastic, a aplicação Strava é um editor de aplicações desportivas importantes.

Entretanto, por uma razão que me escapa, o GPS foi ativado após dois quilómetros.

Então os resultados foram falsos. Novamente, a conta grátis dá acesso apenas ao mapa básica e a ligação de dados não é possível.



BLE Heart Rate Monitor
Nenhum gráfico, nenhum mapa, sem uma conta Premium. Ponto.
A sua história está escondida atras de um separador ‘zones’. Mais, as minhas duas gravações mostram de distâncias erradas. Não sei porque. Mas como nada é útil nesta aplicação, não vou gastar mais do meu tempo a tentar entendê-la.


BLE Heart Rate Recorder


Esta aplicação é muito diferente das outras: a interface acinzentado é minimalista mas uma vez que percebeu que o texto ou os ícones são de ligações ou de botões, já está percebido quase tudo.

Certos parâmetros de base como o ‘’automatic scale’’ (escala automática) para os gráficos cardíacos não parecem ser ativos nem é possível de ampliar ou reduzir acima.

Portanto, uma aplicação grátis como esta, dispõe da função de exportação de dados muito útil em ficheiro csv para os enviar por correio electrónico.

E muito útil se quiser analisar os seus resultados e criar novas visualizações.

Parece que o criador da aplicação está aberto a todas as sugestões, o que pode tornar esta aplicação muito interessante a seguir.

 

 

 

 

 

Map my ride

Interface ergonómico e nítido mas dá acesso apenas num mapa básico (com um gráfico de velocidade/altitude) e a frequência cardíaca se mantem secreta até atualizar a sua versão para a ‘MVP’, sei lá o que é.

  • Manuela
  • Manuela

Difícil escolher... Samsung S5...? Apple iPhone 5s...? Ou HTC One (M8)...?

Com uma tal escolha de smartphones atualmente disponível no mercado, os consumidores estão certamente um pouco perdidos, o que é normal: é quase impossível comparar todos os dispositivos topo de gama. Os três blockbusters da telefonia dos quais vamos falar neste blog são: o Samsung Galaxy S5, o HTC One M8 e o iPhone 5s. Mais...
  • Manuela
  • Manuela

Primeiro contacto com o Samsung Galaxy S5

Dentro de alguns dias vamos começar a comercialização do tão esperado Galaxy S5 anunciado em alto e bom som durante o último MWC 2014. Mais uma vez, a Samsung está de volta este ano com um novo dispositivo topo de gama, cheio de novidades e potência. 

Então, enquanto esperamos pelo 11 de Abril, decidimos oferecer-lhe uma rápida vista de olhos do Galaxy S5. Mais...

  • Manuela
  • Manuela

Pequeno resumo do que se passa no MWC 2014

Quarto dia do MWC, o momento ideal para fazer um resumo do que se passou nesta feira. 

Dois dos nossos colegas tiveram a sorte de estar presentes para nos informar do que se passava em Barcelona, acontecimentos dos quais colocamos fotos e outras informações no Facebook. 

Agora, vamos rever tudo o que foi apresentado na primeira metade da semana na feira MWC 2014.

 

Evidentemente, poucas horas antes da abertura da feira, a abertura do Unpacked 5 Event da Samsung não passou despercebida. Neste descobrimos o novo S5 é maior, mais leve e também mais inteligente que o seu antecessor. Este integra o novo processador Snapdragon 801, uma câmara fotográfica 16 MP e um leitor de impressões digitais. Talvez não tenha tantas inovações como esperávamos mas temos a certeza que também será um best-seller. Basta ver o que se passou com o iPhone 5 – toda a gente estava de acordo em dizer que os 5s e 5c não tinham nada de revolucionário e portanto o stock vendeu-se em apenas algumas horas!

A Sony apresentou o seu novo smartphone topo de gama, o Xperia Z2, um super telemóvel estanque que integra o melhor ecrã existente (visto pela Sony), a tecnologia de gravação vídeo em 4K e um sistema de supressão digital do ruído ambiente (DNC). O Z2, como o Galaxy S5, possui um processador quad-core Snapdragon 801. Quanto ao ecrã, falamos de um LCD IPS enquanto o S5 possui um Super AMOLED. O Z2 beneficia da potência de uma bateria de 3200 mAh e uma câmara foto de 21 MP!

 

GeeksPhone, o fabricante espanhol, apresentou (sem o deixar tocar) o Blackphone, um telemóvel open source seguro, permitindo-lhe fazer chamadas ultra-secretas, via uma linha segura, como podemos ver nos filmes de ação. Mesmo se este não é totalmente invisível para NSA (Agência de Segurança Nacional Americana), o Blackphone integra um Browser de navegação privada, um sistema operativo sob PrivatOS (um derivado da Android), e uma unidade de controlo VOIP (para chamadas via uma linha protegida). Segundo a marca, as ferramentas integradas neste telemóvel « vão-lhe dar o meio de se apoderar da sua presença móvel e das suas pegadas digitais».

 

GeeksPhone lança outra pequena revolução que tem mesmo um nome apropriado. O Revolution é um Smartphone com duplo SO funcionando tanto sob Firefox OS como sob Android. Firefox ainda é um SO um pouco marginal no mercado mas os amadores de open sourcing vão apreciar estas características de gama média para um preço anunciado de 222 €.

A Nokia marca esta feira com o primeiro smartphone Android disponível em 3 versões: X, X+ e XL. Estes telemóveis integram uma pequena modificação do Android otimizado para a Nokia e Microsoft. Estes novos terminais terão um preço de inicial de 89 €/109 € e serão lançados em primeiro lugar nos países emergentes.

A Acer apresentou smartphones para os pequenos budgets, os E3 e Z4: ambos dotados de um Duplo slot para cartão SIM.

O primeiro possui um ecrã de 4,7”, o segundo, um ecrã de 4”. O Liquid E3 é similar ao Moto G em termos de características técnicas. Este dispõe de um processador quad-core e de uma câmara de 13 MP e apenas 1 GB de RAM e 8 GB de memória interna. Quanto ao Z4, este oferece características menos sofisticadas mas pode muito bem fazer concorrência a outros aparelhos da sua categoria. 

É também de notar a tecnologia Wysips e a inovação solar Sunpartner que Alcatel vai utilizar na sua série de smartphones e tablets para que estes sejam capazes de se recarregar graças à tecnologia fotovoltaica. Estes não estarão disponíveis antes do segundo trimestre 2015, mas estamos ansiosos para os descobrir! 

Para resumir, o MWC nunca deixará de nos surpreender!

  • Manuela
  • Manuela

Novidades Samsung no #MWC2014

A Samsung marcou a 19ª edição do MWC 2014 com a sua pegada. E por uma boa razão...

Em primeiro lugar, com o anúncio dia 24 de Fevereiro do tão esperado Samsung Galaxy S5. Os fãs mais experientes ficaram certamente um pouco desiludidos com a falta de inovações neste novo líder, mas devemos dizer que as inovações estão presentes: melhoria da qualidade do seu ecrã com luminosidade mais nítida (500cd/m²), certificação IP67 (estanque e resistente à poeira), presença de um sensor de frequência cardíaca e de um scanner de impressões digitais... Descubra todas as características na nossa página dedicada.

Samsung Galaxy S5

  Samsung galaxy S5 Samsung galaxy S5

Depois disto, e para não ficar atrás na corrida aos objetos conectados, após o sucesso misto do seu primeiro relógio conectado, o Galaxy Gear, a Samsung desejou fazer alguns ajustes este ano, lançando os Gear Fit, Gear 2 e Gear Neo. 

Entre as características da pulseira Gear Fit, notamos a exibição das notificações de todo o tipo tais como SMS, chamadas, emails – clássico, vai-me dizer – mas não é tudo, vai também encontrar um sensor para medir a frequência cardíaca e sobretudo esse ecrã OLED tátil curvo com um design mais interessante. Além disso, este é estanque (certificação IP67) e a sua autonomia pode atingir até 4 dias (um ponto muito bom comparando ao Gear que apenas tinha uma autonomia de 24h). Ponto fraco: Esta pulseira, hoje, é apenas compatível com os Smartphones Samsung e vem com um sistema operativo proprietário.  

Samsung Gear Fit  Gear Fit

Em paralelo, a Samsung apresenta outros dois modelos de relógios: por um lado o Gear 2 que, como adivinhou, é o sucessor do Galaxy Gear, e por outro lado o Gear Neo que está mais virado para os artigos entrada de gama. A principal diferença entre os dois está na presença da câmara foto no Gear 2 (e não no Neo, a versão lite). Aqui, a grande novidade é que os relógios funcionam sob Tisen, o sistema operativo comprado pela Samsung (e não mais com o Android como no primeiro modelo).   

 Gear 2Gear 2 


Bônus: a Samsung anunciou durante o seu Developper Day que um SDK será integrado nestes relógios e pulseiras, o que significa que os desenvolvedores poderão integrar novas funcionalidades (serviços / widgets…) e assim personalizar os seus relógios!!!

O que significa um desejo por parte da Samsung de se inscrever nesta tendência Quantified Self.

Surpreendentemente, nesta excitação dos objetos conectados, constata-mos que a Apple está atrasada no que diz respeito a esta gama, ao ponto que esperávamos ver um eventual i-Watch. Mas uma coisa é certa: quando o gigante da maçã o fará, este vai certamente surpreender e nós estaremos cá para lhe contar. Assunto a seguir…

  • Manuela
  • Manuela

O Samsung Galaxy S5 foi finalmente oficializado!

Foi pouco antes do MWC, durante o evento Unpacked 5, que a Samsung revelou o Galaxy S5. Esperado por todo o planeta Android, o smartphone foi oficialmente apresentado. 

Mas a primeira coisa que dá nas vistas quando olhamos para o Galaxy S5, é a pronunciada semelhança com o seu antecessor. À primeira vista, como os rumores deixavam acreditar, a Samsung não fez grandes alterações no que diz respeito ao design.  

No interior, encontramos um processador quad-core Snapdragon 801 cadenciado a 2.5GHz associado a 2GB de RAM. Apesar de ter uma RAM mais fraca que o Galaxy Note 3, os benchmarks tornam-no mais veloz que o seu irmão mais velho. A Samsung fez então um esforço na otimização de software. 

Quanto ao ecrã, este quase é uma deceção… é um ecrã de 5.1 polegadas Full HD que está presente. Esperávamos uma resolução de 2560 x 1440 pixéis, mas a Samsung manteve a mesma definição. No entanto, a luminosidade melhorou significativamente, atingindo até 500cd/m2. Em comparação, o Galaxy S4 oferece uma imagem insípida. Concluímos então que, sem ter aumentado o número de pixéis, a Samsung conseguiu melhorar a qualidade do seu ecrã. 

A câmara foto não fica atrás, oferecendo um sensor com uma resolução 16 megapixéis. Diversos modos foto estão presentes e terá a possibilidade de filmar em 4K. Mas sobretudo, o Galaxy S5 oferece um foco ultra rápido, permitindo o ajuste em 0.3 segundos. Isto faz do Galaxy S5 o smartphone mais rápido quanto a este ponto. 

A nível das diferentes funcionalidades presentes, podemos mencionar que o Galaxy S5 é IP67, ou seja, este é estanque durante 30 minutos e até 1 m de profundidade e resistente à poeira. Mas isto não o impede de guardar a sua assinatura habitual com a tampa e a bateria amovível e o slot para cartão microSD.

A tampa traseira, já que estamos a falar dela, é em policarbonato e aparece perfurada. Isto é um artifício que permite uma melhor aderência. Continuando a falar das costas, sob o sensor foto, um sensor de frequência cardíaca está presente. Basta pousar o seu dedo em cima para conhecer a sua pulsação. E como esperávamos, também está presente um scanner de impressões digitais, situado no botão “Home”. Este permite desbloquear o ecrã, mas também executar algumas funções específicas. Os nossos primeiros testes nesta área não foram verdadeiramente conclusivos. Esperemos que este aspeto ser melhorado com a comercialização do Galaxy S5.

No seu lançamento, previsto para o 11 de Abril, o novo topo de gama da Samsung estará presente em 4 cores: pretobrancoazul dourado

 

Galaxy S5

Agora só lhe resta economizar e ficar atento. As pré-encomendas do Galaxy S5 já estão em andamento na Expansys! 

Reviva o livestream: